[RESENHA] 1# Crônicas de Nárnia – O Sobrinho do Mago de C.S. Lewis

iss

Se você viu os filmes de As Crônicas de Nárnia e acha que a história toda começa com crianças entrando no guarda-roupa, e é só isso, eis que te digo: não! Por outro lado, se você já deu uma pesquisadinha, sabe que as crônicas de Nárnia, na verdade, são sete livros de fantasia escritos por C. S. Lewis, que é só um dos melhores autores da atualidade, só.

A série já é um clássico, assim como O Senhor Dos Anéis escrito por Tolkien, vendeu mais de 120 milhões de cópias por todo o mundo! Estudei, viram? Aqui vai um fato interessante: Lewis e Tolkien faziam parte do grupo de escritores “The Inklings”, onde eram muito próximos e debatiam suas histórias entre si.

Em ordem cronológica, os livros são: O Sobrinho do Mago, O Leão, a Feiticeira e o Guarda-roupa, O Cavalo e seu Menino, Principe Caspian, A Viagem do Peregrino da Alvorada, A Cadeira de Prata e A Ultima Batalha.

Antes de comprar o volume único da saga (único “box” disponível em português no momento), eu preferi não ler nada antes, nada que me desse expectativas ou que interferisse nas minhas próprias conclusões, e isso foi muito bom.

Caso esteja pensando em ler, aqui vai uma dica: não tenha expectativas, apenas curta a leitura.

Folhei o livro, vi alguns mapas e gostei de cara. Eu amo mapas. Dei uma olhada nas ilustrações, respirei fundo e fui até o inicio. Me surpreendi ao ver que o primeiro livro não era O Leão, a Feiticeira e o Guarda-roupa, e sim O Sobrinho do Mago.

Tive um pouco de preconceito com esse livro no começo, minhas expectativas foram lá embaixo, porque, eu pensei, se não tinha filme deste livro, talvez fosse porque ele era bem ruim. Mas gente, Lewis, vamos combinar, tem como esse cara escrever um livro ruim? Empaquei um pouco nos primeiro capítulos, foi um estilo novo de leitura para mim, sempre tentei absorver o máximo possível da história.

Depois de cerca de 15 páginas (o que é muito, já que o livro tem 750 páginas em letrinhas de bíblia), a leitura fluiu mais facilmente e acabei gostando. Para mim, foi um pouco curto. Enquanto eu lia, achei que poderia ter um pouco mais de ação, depois compreendi que ele foi exatamente como precisava ser. O Sobrinho do Mago conta basicamente como Nárnia surgiu, e como muitos sabem, Lewis colocou em toda a série temas cristãos, mitologia grega e nórdica, o que só me faz admira-lo mais.

Pontos positivos: Leitura tranquila, ritmo bom, e é muito legal saber como Nárnia começou, é o maior encanto do livro.

Pontos negativos: Bem poucos, como eu disse, foi um pouco curto, mas acho que nada mais poderia ser acrescentado na história. Um pouco calmo demais no início, só. Sou suspeita para falar, já li outros dois livros da série e acho que isso influencia um pouco na minha opinião dos livros passados, mas farei resenhas dos dois livros que li e depois continuarei resenhando conforme eu leio.

Mais uma vez, aqui vai uma fan art.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s