FILME: A Teoria de Tudo

Título Original: The Theory of Everything

Ano: 2014

Diretor: James Marsh

Elenco: Eddie Redmayne; Felicity Jones; Charlie Cox; Harry Lloyd

Sinopse

O filme conta sobre o relacionamento do famoso físico Stephen Hawking (Eddie Redmayne) com sua esposa Jane (Felicity Jones), desafiado pela doença de Hawking, portador de esclerose lateral amiotrófica.

Minha Opinião

O filme é uma cinebiografia do gênio físico Stephen Hawking que teve dificuldades na vida devido à sua doença, esclerose lateral amiotrófica.

Quando eu ouvi falar do filme, eu pensei que ia focar mais nas descobertas científicas do Hawking e/ou focar na doença dele, explicando e tals. Porém, assim que saiu o trailer e eu vi, já estava claro que ia focar no primeiro casamento do Hawking (Não, não é spoiler, é uma história real esse filme, então é só você ler sobre o Hawking pra saber que Jane foi sua primeira esposa, ele teve outra, e que a primeira é a mãe de todos os seus filhos e que passou a maior parte das dificuldades com ele). E realmente, apesar de mostrar seu lado gênio e sobre suas pesquisas, esse não é o grande foco, foca no relacionamento deles e em como Jane, apesar de saber da doença de Hawking, ainda sim casou com ele, porque ela o amava, e em como foi o casamento deles enfrentando essa doença. Como o amor passou apenas para respeito e carinho e preocupação com o outro, até que eles decidem separar.

O filme peca e muito na maquiagem. Sério, gente, o que custava envelhecer eles um pouquinho. Passa anos de casamento, os filhos grandes e só o que mudou foi um cortezinho de cabelo na Jane. E no Hawking o que mudou foi que a doença piorou. Então, caso você ainda não tenha visto o filme, você vai ter que relevar a maquiagem e curtir o resto, que é muito bom.

O diretor soube passar toda a sensibilidade do filme para a gente e claro, os atores também fizeram um ótimo trabalho nessa parte. No início, aquele romance, aquela coragem dos dois, aquela excitação e depois aos poucos isso vai sumindo e vai se tornando em respeito e visível cansaço, por parte da Jane, devido ao fato de ter que cuidar dos filhos E do marido.

Eddie Redmayne fez um incrível trabalho, eu estava torcendo muito para ele no Oscar, fiquei muito feliz que ele ganhou (apesar de achar que Michael Keaton também fez um ótimo trabalho em Birdman). Apesar de boa parte do filme ele nem falar mais, a postura que ele faz para interpretar Hawking, a forma como ele não sustenta o ombro, as mãos, os pés, ficou muito bom, ele realmente me surpreendeu, pois antes do filme eu mal o conhecia. Felicity Jones também faz um ótimo trabalho representando Jane, mostrando o cansaço, a preocupação, a excitação, todas as fases, ela fez um bom trabalho também.

Tem uma parte em que Jane, cansada, consegue ajuda de Jonathan para cuidar de Hawking. Nesse momento, surge um triângulo amoroso não tão explicito, porém super visível ainda. Eles tinham tudo para ferrar com essa parte, fazendo dramas desnecessários no roteiro, porém ainda sim trataram de uma forma bem madura. Os personagens também tratam, pois cada um sabe de suas limitações e dificuldades e responsabilidades. Voltando ao roteiro, os caras tinham tudo para fazer um drama do c***** o filme todo, porém souberam tratar tudo de uma forma muito boa, com leveza e colocando algumas partes até ‘engraçadas’, o que achei legal, para mostrar esse lado do Hawking (para quem não sabe, Hawking também é conhecido por fazer piadinhas em entrevistas e etc. O cara é demais mesmo, inteligentíssimo, tinha tudo para desistir da ciência e se perder na depressão ou de alguma outra forma, porém continuou firme e sem perder o senso de humor)

Então, pessoas, apesar de a maquiagem ter me incomodado um pouco, o filme é muito bom, vale a pena conferir a história desse cara. Podem ir arranjando um jeito de conferir já o filme.

Beijinhos

Acho que spoiler, talvez, não sei

A teoria do terceiro filho: o que vocês acham? É ou não dele? Eu acho que sim. Comentem ai.

Aqui vai o trailer:

Anúncios

7 comentários sobre “FILME: A Teoria de Tudo

  1. Eu queria muito ter assistido esse filme no cinema, mas por algum mistério inexplicável, todo cinema que eu ia tinha apenas uma sessão (muito tarde e lotada). Então esperei passar um tempinho e quando tentei assistir novamente, não estava mais em cartaz. hue

    Curtido por 1 pessoa

  2. Gostei do filme, mas achei um pouco parado. Dai eu lembro que é uma cinebiografia ou sei la o termo, entao deixo pra lá 😊. Quero assistir o filme Para sempre Alice . E deixo duas dicas que envolvem história pq né. .cof cof.. gosto pouco : Diários de motocicleta ( adoro a música Al otro lado del rio ) e O Leitor.

    Curtido por 1 pessoa

    • Diários de um Motocicleta eu comecei a ver na escola, preciso terminar de ver em casa agora
      E eu também quero ver Para Sempre Alice
      E vou dar um jeito de ver O Leitor também
      Obrigadaaaa pelas dicas, adoro kkk

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s