Resenha: Awkward

Título: Awkward

Gênero: Comédia, Drama adolescente

Roteirista: Robert West; Andrew Veeder; Meredith Philpott; Dave Neglia

Elenco: Ashley Rickards; Beau Mirchoff; Nikki DeLoach; Brett Davern; Molly Tarlov ;Jillian Rose Reed; Desi Lydic

Número de temporadas: 4

Número de episódios: 65

Sinopse:

A série é baseada em torno de Jenna Hamilton que, após um acidente que os rumores tornam como uma tentativa de suicídio, começa a ser notada por todos os alunos em sua escola. Fazendo mudanças e adotando sua desgraça, ela torna-se conhecida por seus colegas. Enquanto lida com sua vida amorosa e suas relações com outros casais ainda tem que gerenciar os drama diário que vem junto com ser um adolescente.

Minha visão:

Por sua vez chegou a hora de falar de Awkward… Cinco anos de seriado… Caraca nem parece que já se passou tudo isso. – Tristeza. – Trouxe aqui para vocês porque a série está na sua última temporada, e como todos sabemos última temporada é sofrência nível hard. Então, lá vou eu pegar os lenços e chorar, até porque não tenho opções.  –  The choro time begins…

Deixo claro que é uma bagunça enrolada do casal principal, uma clichê tremendo. Como sou apegada a minhas séries não parei de assistir, mas com certeza vocês iram se cansar e com motivos. kkk – Não ajudo. Nem apoio a série. – Com motivos para parar e continuar, não vou desmerecer também só que como na resenha anterior de The 100 eu disse a respeito da evolução dos personagens, e na série é evidente como a Jenna cresce,  amadurece. Como faz um tempo que assisto o seriado, então cresci junto com ela, me coloquei no lugar dela em váriooos momentos. – Novidade. – Principalmente em relação as escolhas dela com o imbecil do Matty, o típico garoto popular do colégio, lindo e desejado por todos. O contrario de Jenna, que é uma garota “invisível” a todos, menos a suas duas amigas.  – Eu disse que era clichê. – Mas tirando tudo isso continua sendo um clichê, com humor Jenna vai enfrentando muitas situações constrangedoras e superando-as, aquelas que mais sofri foi com as que o Matty, seu namorado secreto.

O querido não queria que a relação fosse exposta a escola pois seria uma vergonha namorar uma menina sem ser popularidade, sempre desmerecendo-a e humilhando. – Ridículo. – Mas como a gente percebe, eles se gostam de verdade e fica naquele impasse de querer vê-los juntos, porém, ao mesmo tempo querendo que ele fique sem ela. Até porque ele não merece. – Ele é um imbecil. Ponto final, acabou. –

Não tem muita história que eu possa contar sem ser spoiler, mas como não ligo…

A Jenna por primeiro momento sofre muito com uma carta que recebe. Um carta de um anônimo, que só tenta humilha-la. – Eu fiquei mal com a carta imagina ela. – Nesse mesmo instante que termina de ler a carta, acaba acontecendo um acidente muito bizarro com ela. Que acaba sendo motivo de altas risadas e dada como suicida no colégio. Que a faz chamar muita atenção, coisa que não é boa, mas é ao mesmo tempo. – Não quero falar quem escreveu a carta porque é spoiler hardcore, só digo que se isso acontecesse comigo ficaria sem chão.

Isso a vai tornando conhecida, a partir daí começamos a ver um relacionamento estranho com a indecisão de Matty. – Esse cara enche o saco! –  Mas como queremos ver a Jenna feliz, mesmo estando com um cara que seja completamente errado para ela. Isso vai se levando pelos episódios seguintes e temporadas. Até que a Jenna acorda e percebe que ela o ama, mas ele não está preparado para um relacionamento de verdade. Então ela segue com vida, graças a um deus ela entra em outros relacionamentos, com outros caras. – Não aguentava mais Matty, mas sou apegada a esse ridículo. – 

Chega de falar sobre os relacionamentos de Jenna, mesmo que seja o ponto de partida da série. Gosto de focar na pessoa Jenna Hammilton em como ela se sente, principalmente em relação a sua vida. Ela tem um blog, privado que acaba sendo exposto depois de algumas coisas… Esse blog dela é como um diário, onde ela conta sobre suas histórias constrangedoras e como supera tudo isso. – Já tentei ter um diário, mas não sou uma que consegue parar pra escrever todos os dias. Mesmo gostando de escrever. – Então vocês já sabem né… Deu muito babado, confusão e gritaria com os textos dela para todos do colégio ver. Falando mal de uns, bem de outros e por assim vai.

Mudando de assunto…

Como adoooro personagem secundário e vocês já sabem disso quero dar ênfase á uma personagem maravilhosa. Que sim, é melhor que a Jenna. Em praticamente tudo. Sadie, mais conhecida como…

 

A melhor personagem secundária da série. Vou falar a verdade, não gostava dela nas primeiras temporadas porque ela realmente age como uma bitch. Sendo a riquinha mesquinha, os roteiristas não trabalham muito a personagem que no começo fica só pelo superficial. Mas como personagens evoluem, vemos Sadie ganhar o carinho de todos ao ver a história dela e como a personagem é forte. – Acho que os roteiristas tinha medo dela ser mais querida que a principal. Com certeza, porque a atriz é melhor e o personagem também.” Your welcome ” –  

Você é tão legal, isso é irritante.

Então vamos terminando… Recomendo a série para quem tem paciência e que goste de ver personagens adolescentes em um ambiente de colegial. Uma comédia leve, o que mais me agrada realmente é a evolução dos personagens. E gostaria de compartilhar essa série que passa na MTV. Ah e assistam pela Sadie, com certeza ela é a bitch mais adorada por mim. E sim, shippo muito a Jenna com o Matty. Eles se amam, mesmo sofrendo todo esse tempo ainda existe um relacionamento ali. Será que ficam juntos no final ?

❤ ❤

ALÔ QUERIDOS ROTEIRISTAS: Vamos conversar… Essa de enrolar o casal principal vai durar até quando ? Ninguém é obrigado a esperar quatro temporadas para ver os dois separados e felizes. Depois de inventar acontecimentos como gravidez, gente louca e até mesmo o melhor amigo separando-os. Preciso de um explicação plausível para tudo isso. Por favor!

Espero que eles fiquem juntos, pelo bem de todos. Beijos. Tchau.


Espero que tenham gostado muitão, adoro essa série e queria dividir com vocês. Se souberem de alguma para me indicar, não precisa ser do mesmo estilo. Sou muito flexível. kk Deixem nos comentários que estarei de olho. E não se esqueçam de ver Awkward que vocês já sabem né… Se não o bonde anda e a gente fica no preju. 

Até a próxima galerinha do bem. 

Anúncios

2 comentários sobre “Resenha: Awkward

  1. Eu assistia episódios soltos enquanto zapeava pela MTV, mas não sei qual era o número do episódio ou temporada. rs
    Eu gostei do pouco que vi. Achei divertido e sarcástico.

    Enfim… não dá para esperar uma coisa muito diferente quando se fala em série adolescente, pois alguns temas inevitavelmente estarão lá, mas deixa eu te contar um segredo: adoro clichês, quando bem feitos. haha

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s