23# – DESAFIO LITERÁRIO – 30 DIAS: Amor de Perdição

FotorCreated

Hey, hey, heeey galerinha. Como estão ?

E este é mais um Desafio Literário, onde tudo pode acontecer… Mentira, mas talvez uma dose de romantismo, e um balde de drama. Vamos lá ?

Amor de Perdição, de Camilo Castelo Branco foi a minha primeira leitura de clássicos, e não sou eu quem julgou o livro por um bom tempo. – Juro ! – Minha professora de literatura pediu para que os alunos fizessem um seminário sobre vários livros do movimento romântico no Brasil. Acabei ficando com ele, e por um bom tempo não quis ler. – Por pura preguiça e zero de interesse. -.

Como consequência tive de ler esse querido um dia antes da apresentação, como a leitura não é tranquila muitas vezes tive que ler novamente cada paragrafo. O que acabava tomando mais tempo e me deixando mais estressada.

Quando fui checar o horário era três horas da manhã, e eu estava com uma garrafa de café na mão. Como ainda não tinha terminado de ler, acabei fazendo meu resumo ali mesmo com o que tinha. – Ficou horrível ? – Sim, mas era o que me restava. –  Para deixar claro, que meu horário de entrada no colégio é as sete. Dei o meu sangue para ler aquilo correndo, que a história acabou me envolveu um dia inteiro na frente do computador. Os personagens nem tenho o que falar né, a fase ultrarromântica é puro drama, gente chorando pelo amor que nunca teve. – E que nem vai ter. -. Muito suicídio por amor, vingança, raiva e sofrência.

Eu realmente gostei de uma boa parte dos personagens, como : Simão, Mariana e Baltazar. Para variar personagens com personalidades diferentes, porém nada de chatas. Simão é um burguês fofinho e apaixonado por Tereza – Sonsa/Chata -, nem vou falar dela para o sangue não subir. Mariana é uma garota simples, bondosa e apaixonada… Pelo Sr. Simão. – Shippei forte, mais que qualquer coisa. Não rolou. Acabaram com o meu shipp. -. E Baltazar, o vilão da história, sendo irônico e maravilhoso foi nele que encontrei forças para continuar a leitura dos jovens apaixonados, que acaba em morte, suicídio e blá, blá, blá…

Depois desse esforço por uma falta de responsabilidade, cheguei ao colégio para a apresentação virada. – Com muita cafeína no sangue, pulando e ao mesmo tempo quase dormindo em pé.-. A professora falta minha gente. ELA FALTOU ! E eu sofri com o maldito carma, nada deu certo, não apresentei o livro e ainda tive muita dor de cabeça depois. Tudo isso foi por causa deste livro, primeira noite virada, primeiro resultado de carma e dores. Aprendi a ser mais responsável e parar de julgar histórias de clássicos, nem todos são chatos.

#TeamBaltazar


Por enquanto foi só, espero que tenham gostado muitão e se tiverem histórias loucas com clássicos me contem porque sou curiosa. Haha.

Até a próxima galerinha do bem. 

Anúncios

2 comentários sobre “23# – DESAFIO LITERÁRIO – 30 DIAS: Amor de Perdição

  1. Eu juro que matava essa professora, meu Deus. Mas eu já fiquei até tarde lendo um livro pra escola também, Robin Hood. uhsausuhs Temos que aprender a não ser procrastinadoras

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s