FILME: Boyhood – Da Infância à Junventude

Título Original: Boyhood

Ano: 2014

Diretor: Richard Linklater

Elenco: Ellar Coltrane; Lorelei Linklater; Ethan Hawke; Patricia Arquette

Sinopse

“Boyhood – Da Infância à Juventude” conta a história de um casal de pais divorciados (Ethan Hawke e Patricia Arquette) que tenta criar seu filho Mason (Ellar Coltrane). A narrativa percorre a vida do menino durante um período de doze anos, da infância à juventude, e analisa sua relação com os pais conforme ele vai amadurecendo.

Minha Opinião

Talvez vocês conheçam alguns outros filmes do Richard Linklater, por exemplo, a trilogia Antes do Amanhecer, que eu quero muito ver. Ou talvez conheçam Escola de Rock, com o Jack Black.

Então, Boyhood eu já vi faz um tempinho, eu vi antes do Oscar, porém hoje eu fiquei com vontade de falar sobre ele.

Boyhood é um filme tão simples e, por vezes, cansativo, pois tem 3 horas de duração, porém eu adorei, me encantou.
Acho que todos sabem que Boyhood foi um projeto de 12 anos do diretor Richard Linklater. Um projeto de certa forma até arriscado, pois ele estava lidando, na época, com atores mirins e não sabia se depois, durante o processo, os atores ainda estariam interessados em continuá-lo. E, na verdade, a atriz Lorelei Linklater, que é filha do diretor, realmente perdeu interesse e queria sair, porém o diretor não queria cortá-la de alguma forma do filme, não queria nada trágico, então a menina continuou.

O título do filme já mostra do que ele se trata, então não espere várias reviravoltas e afins, apenas curta a história simples de um menino comum de hoje em dia. Um garoto lidando com pessoas comuns, com os relacionamentos da mãe, com mudanças de cidade/casa e outras coisas da vida.

O filme também chega até a ser nostálgico, pois mostra bastante coisas desses anos (2002-2014), por exemplo, quando Mason vai no lançamento de algum livro de Harry Potter, que no momento esqueci qual, também tem o lançamento de um videogame que também não lembro qual. Enfim, várias coisas que nos remete a esses anos.

As transições de uma cena para outra, quando passa um ano, são bem inseridas, bem pensadas e tudo bem natural. Podem até achar a história fraca por não ter nada de extraordinário, também podem achar os problemas amorosos da mãe meio cansativos, mas é um filme bem humano, com coisas que podem acontecer com todos, no dia a dia de todos, e o que as pessoas fazem até que bastante nessa vida? Repetem os erros, talvez poucas vezes ou talvez muitas, como a mãe de Mason nos relacionamentos.

Linklater faz um trabalho bem simples, natural, focando muito no principal da história, Mason, admirando a evolução do menino e a sua vida passando. A irmã de Mason, interpretada pela Lorelei Linklater, também tem bastante destaque no filme, principalmente quando o menino era mais novinho. (Gente, ele e os cabelos dele na adolescência, morta com aquilo, muito feio uashuashuas)

Enfim, eu, particularmente, adoro toda essa simplicidade do filme e, na verdade, nem achei cansativo, quando eu vi já estava acabando. No entanto, a maioria das pessoas que eu conheço e que viu acharam bem cansativo. Então, se você estiver afim de ver algo bem tranquilo, bem natural, eu indico esse filme, caso você não curta isso, mas queria ver por curiosidade, vai na fé. Não vá com expectativas altas e nem ligue para essas críticas que falam como se fosse o melhor filme da vida, exagero isso ai.

Última coisa, apesar de ter curtido o filme, fico feliz que ele não tenha ganhado o Oscar, não era pra tanto também, não tem atuações ótimas e afins, então prefiro Birdman mesmo como ganhador.

Beijinhos!

Veja o trailer:

“Eu gostaria que pudéssemos usar canaletas”

“Você não quer canaletas. A vida não te da canaletas”

Anúncios

Um comentário sobre “FILME: Boyhood – Da Infância à Junventude

  1. “Gente, ele e os cabelos dele na adolescência, morta com aquilo, muito feio”. Quem nunca
    hahahahahaha Meu cabelo era terrível na adolescência também. Mas fazer o que.. acho que temos que passar por isso hahaha
    Adorei a resenha. Quero demais assistir!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s